Análise de DNA tumoral circulante no sangue

DESCRIÇÃO: 

  • As alterações genéticas que ocorrem no decorrer da doença podem estar associadas com a progressão da mesma  e com a resistência frente ao tratamento que o paciente está recebendo, por isso é importante fazer uma análise de DNA tumoral.
  • O exame Guardant360 analisa em uma amostra de sangue a presença de mutações tumorais pontuais em 73 genes, além de identificar rearranjos, inserções e deleções (indels), com o objetivo de proporcionar opções de tratamento clínico ao paciente através da análise das características biológicas do tumor. O desenvolvimento do tumor permite o aparecimento de novas mutações que podem conduzir a resistência ao tratamento. Para um tratamento efetivo é necessária uma avaliação em tempo real da genômica do câncer para que esse tratamento esteja adequado a situação biológica do tumor em cada momento.

INDICAÇÕES:

O teste é indicado para pacientes com tumor sólido avançado ou metastático nos seguintes casos:

  • Progressão da doença com o tratamento atual;
  • Quantidade insuficiente de tecido biopsiado, qualidade da amostra inadequada para NGS ou quando a biópsia deve ser obtida de tecido de difícil acesso;
  • Tecido biopsiado de ≥ 6 meses;
  • Uma ou mais linhas de terapia ou intervenção desde a última biópsia;
  • Paciente subgenotipado que requer um teste mais completo;
  • Tratamento crítico e a decisão para tal é necessária em 2 semanas ou menos;
  • O paciente prefere uma avaliação do perfil genético de maneira não invasiva.

LAUDO: 

30 dias

Translate »